Nádia e Murillo

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO SITE
Nádia e Murillo

História dos Noivos

“Encontrar alguém que amamos é um sentimento maravilhoso. Mas encontrar uma alma gêmea é um sentimento ainda melhor. Uma alma gêmea é alguém que entende você como nenhuma outra pessoa, que ama você como ninguém, que estará ao seu lado para sempre, independente do que aconteça”.(Cecelia Ahern)

Fotos Recentes

Nos conhecemos no dia 20.06.2014. Dois irmãos organizaram uma festa junina no haras da família, em Presidente Bernardes, e nos convidaram. Fomos apresentados um para o outro, e no dia seguinte já conversávamos o tempo todo pelo WhatsApp.

 

Nosso 1º Beijo aconteceu no dia 29.06.2014. Foi uma sintonia inexplicável... Era como se nos conhecêssemos a vida inteira!!!

" Foi lindo... E então eu me apaixonei e descobri o que era o verdadeiro amor!" (Nádia)

Como nem tudo na vida são flores, passamos por altos e baixos, a princípio, por mais baixos do que altos.

Entre idas e vindas, seguimos por cinco intensos meses até nos acertarmos.

 

As coisas começaram a tomar um rumo no final de 2014. 

(Nádia) Estávamos separados há mais ou menos um mês, até que que o Murillo me deu de Natal uma correntinha de ouro com o símbolo do infinito acompanhada de um cartão que dizia "Quero que como esse símbolo, seja as lembranças boas e alegres dos momentos que passamos juntos. Feliz Natal, Ná. Beijos" 

Nós dois tínhamos a consciência que o presente foi como sinal de gratidão pelos momentos que tínhamos passado... sem a intenção de voltarmos!

(Nádia) Depois disso, eu quis encontrar uma forma de agradecê-lo pelo presente. Não dando outro presente... Primeiro que ele não merecia, segundo que eu não queria dar algo a ele e terceiro que eu jamais iria gastar dinheiro com ele depois de tudo que ele aprontou. (risos). Foi até que lembrei que ele havia me dito que passaria a véspera de Natal de plantão. Na noite do dia 24 para o dia 25 fui de surpresa no pronto atendimento e quando cheguei, liguei para ele e disse que estava esperando-o na frente do PA. Ele entrou no carro e eu apenas disse "Foi a única forma que encontrei para agradecer o seu presente. Feliz Natal!"

(Murillo) Fiquei muito feliz e surpreso!  Confesso que naquele momento vi que realmente eu gostava muito dela e que ficar ao lado dela me fazia muito bem!

No dia 25, a Ná me convidou pra ir à casa dela almoçar com toda a família. Aceitei o convite e fui na maior cara de pau, dizendo que era apenas um amigo! Me senti muito à vontade com todos... Parecia que conhecia todos há muito tempo... Pensei que gostaria muito de fazer parte daquela família!

 

Depois disso tudo mudou!

Logo chegou o Réveillon, e cada um viajou para um lugar. Quando voltamos, conversamos muito e também lavamos muita roupa suja!

(Nádia) Eu tive uma certa resistência, mas acabei aceitando o pedido de namoro que aconteceu no dia 05.01.2015.

Dias depois, tivemos a boa notícia da aprovação do Murillo na residência em SP, e, então tivemos que encarar um namoro à distância.

 

Muita gente não acredita que namoro à distância possa dar certo. Na verdade, nem a gente imaginava que daria tão certo assim! Nos primeiros meses, as despedidas eram à base de muitas lágrimas. Acreditamos que o esforço para estarmos juntos foi o grande segredo para chegar aonde chegamos. Foram três anos longe um do outro, e logo no início de cada ano já fazíamos nossas programações do ano todo tentando conciliar datas de plantões, de festas, de comemorações familiares, de aniversários, de casamento, de viagens... Teve muita parceria dos dois lados! Tá ai, parceria, a maior e melhor qualidade do nosso relacionamento!

 

No dia 11.04.2017 descobrimos a gravidez. Tivemos praticamente a mesma reação: felizes por estarmos realizando um sonho nosso, mas ao mesmo tempo com medo da responsabilidade que teríamos que assumir. Desse dia em diante, foram noites de muita ansiedade até o nascimento do nosso princeso!

 

Mesmo sem estarmos noivos, havíamos marcado a data do casamento há muito tempo. Contudo, a notícia da gravidez fizeram com que os planos mudassem um pouco e então noivamos no dia 29.04.2017. O que não mudou foi a nossa data, 02 de junho de 2018.  Fizemos questão de manter nosso dia... nosso tempo. Afinal, não foi a gravidez que fez com que nos casássemos.

 

No dia 20.11.2017 o Antônio chegou!!!

Ele já veio nos pregando uma peça e avisando que nada é fácil como gostaríamos! O primeiro dia depois do seu nascimento foi cheio de por quês... A única resposta que tivemos foi que fomos o casal escolhido para cuidar, criar e fazer o impossível por esse anjinho! Não foi fácil! Mais difícil ainda para o pai médico. Brincamos que "Nasceu um pai e morreu um médico"! Não podemos deixar de contar o quão difícil foi estarmos longe por três meses nesse momento tão importante. Separados por 560 km de distância, de um lado um pai cheio de saudades do filho e com muita caraminhola na cabeça, e, de outro um filho e uma mãe querendo a presença do pai nas terríveis noites em claro.

Fomos fortes, ficamos ainda mais unidos e hoje só temos a dizer que amamos muito nosso Princeso!

 

E na certeza de que fomos feitos um para o outro, iremos nos casar!

Queremos que você nos ajude a escrever o próximo capítulo dessa história, tornando-a inesquecível!

Contamos com a presença de vocês!

 

Com carinho,

 

Nádia & Murillo

Fotos Recentes

#nmwedding